domingo, 15 de agosto de 2010

Para não se perder no fundo do poço

A minha auto estima é a coisa mais bipolar da face da terra. Vai de 8 a 80 num piscar de olhos. Ás vezes fica lá no fundo do poço por muito mais tempo do que qualquer cerumano merece e ainda por cima ao invés de escalar o poço, fica fazendo buraco para se afundar ainda mais. Veiz inquando até chega lá nos 80, mas rapidinho feito estrela cadente. Ao menos deixa aquela sensação de gosto bom na boca, de algo distante (será que foi verdade?), uma pontinha de esperança para as épocas de escuridão.

Há muito tempo atrás, quando eu ainda tentava entender e dominar essa desgraçada, ela foi batizada de "a mosca do cocô do cavalo do bandido". Não tem nada mais insignificante, menos importante num filme de mocinhos e bandidos, né não???

Eis que finalmente eu, que cansei de tentar entender e consertar essa maluca e hoje em dia simplesmente convivo com ela (com a pá sempre na mão - mosca burra...), encontrei a solução.


Porque sempre existe uma saída.

Agora é só eu arrumar um GPS!!!

6 comentários:

Liziane Dotto disse...

acho que todo o ser humano é assim a diferença é que uns falam, outros não! acabo de reenviar o e-mail para os teus dois e-mails... bjs

LIA B. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LIA B. disse...

LIA B. disse...
É bem assim..... solucion inusitada.....
hahahahahhaha!
quem puxa aos seus pode degenerar....

Sunflower disse...

1. Você é linda;
2. Você é mãe de um menino lindo;
3. Você é mega corajosa (não foi pra Inglaterra à passeio e findou por dar um "Adios, Amigos!" para o Brasil com S?)
4. Quanto ao GPS para o offroad da vida, qdo tiver para vender, avisa.

Beijas

Sunflower disse...

1. Você é linda;
2. Você é mãe de um menino lindo;
3. Você é mega corajosa (não foi pra Inglaterra à passeio e findou por dar um "Adios, Amigos!" para o Brasil com S?)
4. Quanto ao GPS para o offroad da vida, qdo tiver para vender, avisa.

Beijas

Ale B disse...

Lizi, mãe e Sun,

era para ter sido uma autodeitação, morri de rir com aquele vídeo.

(Confissaozinha: também já engoli um mosquito enquanto corria, super desagradável. Esse não tinha GPS, ainda bem, teria sido muito constrangedor!)

Beijos, minhas guriazinhas queridas.